Finalizando no level 7

Enduro, River Raid, Jungle Hunt, Pole Position, são alguns dos primeiros nomes que lembro quando penso na minha infância. O atari era uma diversão familiar. Meu pai, mãe, meus irmãos e eu jogávamos todos juntos na sala de estar.

(Perdão pela formatação horrenda, mas escrevi isso no meu recém instalado Hakintosh computador sem acento, sem som e com resolução baixa 😛

Genesis (não o console)

O genesis (rá, sacou?) do meu laço com video games começa nos meus 5 anos. Me cativou um infante, me causou problemas na adolescência, me ajudou a definir a faculdade e até hoje me ajuda a matar os leões que a vida joga. Contarei um pouco da minha vida através dos jogos, espero que embarquem no meu saudosismo.

Em meados da década de 90, alegria era acordar cedo no sábado, mesmo sem ter aula, ligar meu Super Nintendo e ver o logo da Konami surgir com aquele o efeito sonoro.

Nunca tive um Genesis, mas meu pai ALUGAVA o console (!!!) de vez em quando. Lembro quando ouvi Zeus falar pela primeira vez em Altered Beast, da fantástica trilha sonora de Castle of Illusion, das músicas e relevos nauseantes de Top Gear, da intro da SEGA no Sonic The Hedgehog e de finalizar Street Fighter II no level 7 fazendo perfect em todas as lutas (KEN RULZ!). EXTASE!

Jogava sozinho, com meu irmão, com vizinhos. Fazíamos torneios de várias jogos como R.C. Grand Prix e Jogos de verão do Master System, até que comecei a perceber que jogava muito quando levava umas 5 revistas “VideoGame” e “Ação Games” para a escola. Uma garota olhou para minha mochila aberta e disse “Porque você só fala disso?”. A partir daí vi que estava virando um monstro……não me importei e saquei a última VideoGame. 😀

Alguém lembra deste rapaz? Desenho ele até hoje, principalmente em reuniões infrutíferas.

Alguns dos meus jogos preferidos.

Castle Of Illusion:

Não gostava muito de Altered Beast, mas o fetiche dos gráficos e som infinitamente superiores ao meu Master System II (com Alex Kidd na memória) e meu Bit System (Clone do NES) me fizeram pirar!! Isso fez minha cabeça explodir:

Música e Games

Foi graças aos games que conheci algumas bandas fantásticas que curto até hoje (e para sempre). Quando pluguei Rock´ n Roll Racing (da saudosa Interplay) no meu SNES e Bad to the bone começou a tocar, depois Black Sabbath, Deep Purple e tantos outros,  fui imediatamente abençoado pelos Deuses do Rock!

Sempre fui muito ligado ao áudio dos games, seja efeito ou trilha sonora. Não adiantavam gráficos espetaculares se meus ouvidos reclamassem, talvez por isso minha franquia preferida seja Mega Man. Sua trilha alucinante passeando entre Metal tradicional e Jazz maluco me faziam companhia nas monótonas férias no interior do Ceará… é, sou urbano demais para aproveitar paisagens naturais e o Sol (que está querendo me matar).  Cheguei a fazer gravações caseiras de músicas do Megaman 2, 3, 4 e X com um arranjo METAL, que é como o que elas sempre soaram na minha cabeça! Ficou até bom, tanto que de repente gente do Brasil inteiro me mandava gravações para avaliação (?) e pediam dicas sobre softwares de edição de áudio (sou músico, técnico de som e produtor de araque, mas aí é outra estória). Foda foram os problemas com pessoas tomando para si a autoria dos arranjos e gravações, detalhes. Hoje eu rio, mas fiquei TENSO na época. Procurarei os arquivos de áudio (se ainda os tiver) e posto aqui depois.

Uma das minha preferidas do Megaman era o tema do castelo do Dr.Willy no Megaman 2

Foram deliciosas  diárias dezenas de horas por dia (no fim de semana) e, se não fosse minha mãe desligando a TV por achar que videogame destruía o tubo, ou eu e meu irmão com medo do transformador explodir (!?!), estaria jogando Street Fighter 2 até agora!

Profissão GAMER!

Por falar em mãe, nem sei nem se a minha sabe, mas minha profissão atual foi escolhida na década em 90 quando tentava jogar quake, warcraft 2 e Age of Empires em rede. Pesquisei uns tutoriais sobre rede, baixei muitos PDF´s a 33kbps no meu  US Robotics e acabei com uma rede entre quarteirões utilizando cabos coaxiais e placas de rede com conectores BNC (pelo preço menor e maior distância possível com o cabo 10base2). a partir de então tive certeza que onde quer que eu trabalhasse, teria que ser com computadores, ou games, ou coisas eletrônicas.

Ainda tenho 2 dessas aqui.

Aprendi o básico de circuitos elétricos olhando para as placas do Atari, Nintendo e Master System, tudo para fazer meu próprio joystick. Fiz um para meu Master System, outro para meu Super Nintendo, ficou igual ao do Neo Geo………. NOT.

Parecia mais isso aqui:

PARA TUDO!!

Lembrei AGORA que tentei consertar meu bit system colocando nele o processador do meu atari!!!!!!!! Era do mesmo tamanho, mesma marca (Motorola) e só tinha uma letrinha diferente no modelo……. UAHAUHAUHAUAHUAHUAHAUHAUAHUAAHUAA

E DEU CERTO!!!!!!!!!……………….. mentira :/

Mas não só isso, graças aos jogos (e ao Iron Maiden) aprendi inglês, descobri novas culturas (Carmen San Diego, Tomb Raider), comecei a tocar guitarra (graças ao megaman e ao James Hetfield)  e fiquei de recuperação 😛    ….. Mas tudo deu certo. Na recuperação da oitava série que REALMENTE aprendi história, biologia e geografia.

Viu? tudo acabou bem e agora sou rico, lindo e famoso.

Quando (e se) tiver um filho, a primeira coisa que vou fazer é compra um Nintendo WiiUiiUUiU X2, um Playstation Zeta ou um XBOX 180 ao cubo para depois enxotá-lo do sofá e assumir o jogo 😛

Fui Mário, Sonic, Megaman, Ken, Ax Battler, um golfinho, ninja e até um palhaço….fora tantos outros que lembro com carinho. bons tempos que não voltam mais (já que  os jogos de hoje são feito para frouxos e fracotes) 😀

Obrigado Miyamoto, Yuzo Koshiro, Sonic Team e tantos e tantos outros, suas obras viverão longa e prosperamente ao inexorável efeito do tempo.

Anúncios

3 Comentários

  1. Ai só pq a vida é uma tremenda duma troll, teu filho vai ser tecnofóbico, emo e vai gostar de ballet.

  2. Poderia ser pior. Ele poderia virar forrozeiro 😛

  3. A vida é foda mesmo. Hoje tenho um desktop com placa de vídeo, um Wii, um Xbox 360, um celular que roda jogos 3d e acesso a um DS mas não tenho tempo / nem o mesmo gosto por jogar que tinha quando era pivete. 😛


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s